Este será o primeiro de uma série de artigos em que vou falar de uma peça que sem dúvida, trata-se de um item praticamente, essencial na vida de qualquer homem. Pode ser que eu esteja falando para alguém que não goste de usar terno, mas francamente, em algum momento da vida você vai usa-lo.

Neste primeiro capítulo irei analisar a escolha do tecido, que embora não pareça, é essencial, não só para a ocasião, mas também pelo conforto, porque você pode acabar escolhendo um tecido que vai te esquentar ao ponto de você achar que está em uma sauna.

Caso prefira você também pode conferir está mesma matéria no vídeo abaixo:

Darei destaque para os três principais tipos de tecidos para ternos, dos mais em conta aos mais caros e suas respectivas estações e ocasiões:

Microfibra

A microfibra, assim como o poliéster e viscose, é um tecido sintético, consecutivamente é mais quente e no frio também não tem um bom desempenho, e passa ao look um ar artificial, além disso pode marcar de mais e não aguenta muitos ajustes por ser um pouco frágil.

Porém amassa menos do que os próximos tecidos que vou falar e são bem mais em conta. Por isso são bem acatáveis dependendo da situação, caso a ocasião não seja muito formal e o inverno aonde você está não seja tão intenso.

Um ponto importante caso escolha tecidos sintéticos em geral, quando for passar sempre use o vapor e com baixa temperatura, ou caso não tenha essa opção use um protetor para o ferro não ter contato direto, caso contrário você irá sair literalmente brilhando pela rua.

Lã Fria

 

Quando se fala em tecido para ternos de qualidade, estamos falando de lã. A unidade de medida da espessura do fio da lã é em micra. A qualidade do fio de lã depende de sua espessura. São mais conhecidos como Super 100, 120, 150 e daí vai até o 180. Quanto maior o número seguido do Super, mais leve e fino, e também mais cara é a lã e consecutivamente mais fresco será.

Acima de 100, a lã já pode ser considerada “lã fria”. A desvantagem é que as lãs frias muito leves e finas têm uma durabilidade menor, são bem mais caras e também podem amassar com maior facilidade.

O mais adequado com um bom ponto de equilíbrio entre resistência e bom gosto e que aguente o batente coso você use para o trabalho é o de Lã fria Super 120.

Muitas grifes consagradas utilizam lãs entre Super 120 e Super 150 além de combinar a lã fria com o mohair (mouheir) que é um tecido nobre semelhante a seda, obtido dos pêlos de cabra Angorá que dá ao tecido final um toque moderado de brilho.

Resumindo, o tecido mais aconselhado e versátil a se investir nesse caso é a lã e ao contrário do que muitos pensão, ela proporciona um excelente conforto térmico, não esquenta no verão e é confortável também no inverno.

A lã fria também amassa menos, deixando a peça impecável até o final do dia. Além disso, possui um toque bem agradável à pele, não causando alergias ou irritações por ser natural. O look em geral também é bem melhor, e mantem o brilho do tecido na medida certa.

Linho

Considerado um tecido de luxo, o linho é aclamado pelos estilistas, e acaba por se tornar mais uma peça fashion do que usual embora seja elegante e muito confortável. Ele é antibacteriano, anti-fungicida e não causa irritações ou alergias. Oferece proteção contra a radiação UV e é altamente resistente. Suporta a pintura quando molhados, termo-regulável, possui baixa elasticidade, altamente absorvente, possui grande resistência à tração e seca rapidamente.

Os ternos de linho puro hoje são quase uma espécie em extinção, o que você vai encontrar são linhos resinados e encerados, já com um aspecto um pouco amassado, e sim ele amassa muito fácil.

É o tecido perfeito para o verão por também ser de fibras naturais e arejado, acrecido de um quê mais informal, o que o faz com que ele combine super bem com casamentos na praia e é perfeito para eventos casuais e descontraídos.

COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Gostei bastante do post, muito bem explicado, tirou minhas dúvidas. Principalmente pq não entendo muito sobre ternos e muito menos o tecido, pra mim não tinha a menor diferença entre eles, obrigado pela luz hehe Aguardo a continuação…. Abraço!

    • Obrigado João por sempre acompanhar os posts! Pode deixar que vai ter a segunda parte sim já estou trabalhando nela, grande abraço!

Deixe um comentário: